QUARTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2018    
  PT-BR
   

Expectativas e otimismo do comércio para as vendas de final de ano

Publicado em 30/11/2018

Chegou a época mais esperada para o comércio local. As semanas que antecedem o Natal aquecem consideravelmente o varejo da cidade e os comerciantes se preparam para o melhor período de vendas do ano. A expectativa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) é que R$ 3,3 bilhões sejam injetados no comércio da capital mineira com as vendas do Natal, uma alta de 3,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. Esse crescimento, no entanto, é menor do que o registrado em 2017 (4,5%), e é reflexo da lenta recuperação da economia. Ainda assim, os empresários estão otimistas e esperam um crescimento ainda mais considerável no próximo ano com a possibilidade de melhorias na economia do país com os novos governantes.

A CDL/BH realizou uma pesquisa, no período de 15 de outubro a 9 de novembro, com 300 empresários e a maior parte dos entrevistados (53,6%) acredita que as vendas irão aumentar neste ano. Dentre os demais, 33,5% estão esperando que as vendas sejam iguais as de 2017, e para 12,9% as vendas devem ser menores. Para o vice-presidente da entidade, Marcelo de Souza e Silva, o varejo vem reagindo ao longo do ano e apresentando resultados positivos. “Porém, o crescimento ainda está sendo em percentuais pequenos. A economia em 2018 não apresentou o desempenho esperado e que fosse suficiente para alavancar a geração de emprego e renda e com isso fomentar as vendas”, explica.

Não resta dúvidas de que hoje o consumidor está mais exigente e, por isso, é fundamental que o lojista esteja preparado para oferecer uma experiência de compra cada vez melhor e mais completa. “Conforto, comodidade e produtos diferenciados ajudam bastante. As pessoas estão buscando diferenciais. Assim como ter uma loja bem distribuída, equipe simpática e bem treinada para atender aos consumidores de maneira eficaz e organizada”, avalia o consumidor do bairro Ouro Preto, Luciano Soutto.

Boas perspectivas

Ao entrarmos no mês de dezembro, é natural que as pessoas já comecem a planejar as compras para as festas de fim de ano. E mesmo com as incertezas quanto à economia, ao desemprego e ao contexto político, os consumidores ainda estão otimistas. É o que garante a proprietária da RosaTelli Semijoias, Cida Vitelli Vianna. “Ainda que timidamente, o mercado de trabalho dá sinais de melhoras, o que ajuda a reforçar a confiança e o retorno ao consumo. O movimento tem crescido. Nós esperamos o acréscimo nas vendas de Natal, com lojas vendendo mais e impactando positivamente na economia, principalmente no comércio local, onde os lojistas oferecem qualidade e atendimento diferenciado”, destaca. Questionada sobre mudanças para 2019, a comerciante é enfática: “Acredito que elas irão chegar e isso irá retomar o otimismo tanto para o lojista quanto para o consumidor.”

Opinião semelhante tem a proprietária da Guaxinim Moda Infantil, Tércia Tavares, que diz acreditar na recuperação da economia, apesar de o índice de desemprego ainda ser grande. “O Natal é uma boa oportunidade para a contratação e para nós, comerciantes, há um cenário favorável nas vendas de fim de ano. Os clientes estão retornando às lojas e fazendo suas compras, o que é bem positivo. Tenho expectativas boas para as vendas no ano que vem. Acredito que será um ano de mudanças boas”, ressalta.

A expectativa também circula no setor de ótica. “Queremos que tudo melhore. Temos acreditado em uma nova etapa econômica, em uma nova evolução comercial e trabalhamos com esse intuito. O Natal sempre agregou um maior movimento para o comércio, trazendo bons frutos dentro das vendas. Todo potencial que verificamos no comércio é pensado para trazer novas opções e novos produtos para os moradores”, completa o sócio-proprietário da Ótica Jaraguá, Reinaldo Valadares.

Para esta época, os comerciantes apostam em variados produtos que possam atingir diferentes públicos. Dentre as estratégias estão a busca por novos fornecedores, a criação de promoções e a diversificação nos itens oferecidos. A proprietária da Essencial Moda Íntima, Carla Renata Alves, afirma seu otimismo com relação ao Natal deste ano. “A nossa loja já está com muitas opções para presentes, que agradam a todos os bolsos. Esperamos que 2019 seja um bom ano para o comércio e que possamos continuar trazendo novidades e produtos da melhor qualidade para nossos clientes”, salienta.

A proprietária da Lipy Livraria e Papelaria, Marília Abramo, ressalta que o estabelecimento está se preparando com muito zelo para as vendas de fim de ano, inovando sempre com produtos de qualidade: “Além das diversas opções de presentes de Natal, uma das tradições que mantemos são os caprichados embrulhos que fazemos para os nossos clientes. Estamos também recebendo mercadorias a fim de atendermos a volta às aulas das escolas de toda a região e das demais localidades.”

Já Rodrigo Sadala, empreendedor do Street Mall, espaço comercial de salas e lojas na região do Aeroporto, enfatizou que está com grande confiança no mercado para o ano que vem: “Acreditamos que vamos superar todas as expectativas comerciais para a região, que só tem crescido. Por isso apostamos em um desenvolvimento ainda maior.”

Gastronomia

Com a chegada das festas de fim de ano é grande a procura por estabelecimentos gastronômicos para a realização de reuniões e encontros de amigos, e isso se torna uma ótima oportunidade para os gestores da área explorarem o seu potencial, além de aumentarem o faturamento. Fabiane Souza, sócia-proprietária do restaurante Jardim de Minas, assegura que o período é muito esperado. “As comemorações de final de ano são muito aguardadas por toda a equipe do Jardim de Minas, desde a elaboração de um cardápio diferenciado, a decoração especial à chegada do bom velhinho. Nós nos preparamos ao longo do ano para receber o público infantil, devido às férias escolares e aos turistas, investindo em treinamentos e programações variadas. Nestas datas cada detalhe faz a diferença”, destaca.

A proprietária do Sapão Taioba, Margareth Pantoja, também está preparando o restaurante para as confraternizações: “Depois de um ano de muito trabalho, nada melhor do que confraternizar com os amigos no bar mais aconchegante do Jaraguá. Estamos prontos para receber sua turma e realizar o melhor para sua festa de fim de ano.”

Para a gerente do Espaço Gran Maison e do restaurante Munn Meat e Beer, Gláucia Franco Rodrigues, o fim de ano é uma das épocas mais animadas e prósperas para um setor de entretenimento em função do clima de festas. “Em nossos espaços oferecemos pacotes para confraternizações de grupos de amigos, empresas e reuniões que geralmente são comuns nessa época do ano. As pessoas estão sempre buscando um espaço bonito, comidas e bebidas de qualidade e, além disso, temos como objetivo proporcionar ótimos pacotes em relação a custo-benefícios para nossos clientes”, garante.

Fortacelendo a Região

Sempre iremos sugerir que, nos próximos anos, o comércio se mobilize em prol de ações que produzam melhores resultados e incentivem ainda mais os moradores a consumirem em sua própria região. Ações conjuntas são sempre mais positivas. Por outro lado, para que as possibilidades de negócios aconteçam, precisamos ter um comércio mais fortalecido e isso só vai acontecer se os moradores valorizarem mais os comércios de seus bairros e conhecerem de fato o que é oferecido, pois muitas vezes as opções são melhores do que as de grandes centros comerciais. Sem contar com os benefícios da praticidade, da distância, do atendimento personalizado, da possibilidade de negociação diretamente com o proprietário, do estacionamento, dentre outros diversos fatores. Pense nisso! 

REDES SOCIAIS

NOSSAS PUBLICAÇÕES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Receba os últimos artigos e notícias sobre turismo diretamente em seu e-mail:

Rua Conselheiro Galvão, 68 - Jaraguá | BH/MG   
(31) 2552-2525/3441-2725/99998-8686
desenvolvido por SITEFOX