DOMINGO, 23 DE SETEMBRO DE 2018    
  PT-BR
   

Mau cheiro e poluição se intensificam nas águas da Lagoa da Pampulha

Publicado em 12/09/2018

O mau cheiro havia desaparecido, e a Lagoa da Pampulha, um dos principais cartões postais de BH, voltou a dar orgulho à população da cidade. Mas bastou a estiagem chegar para velhos problemas voltarem à tona. Hoje, quem passa pela Lagoa em pontos como as imediações da Igrejinha São Francisco, em frente à Avenida Fleming, e próximo à Casa do Baile logo percebe uma espécie de nata verde tomando conta de grande extensão da superfície, acompanhada de um odor muito ruim.

Não há previsão para continuidade do tratamento da qualidade da água, encerrado em março devido ao fim do contrato. Sem os produtos químicos que garantiam um aspecto mais limpo, a Prefeitura de BH estuda novo contrato, enquanto investe novamente em desassoreamento. Com essa finalidade, a represa vai consumir mais R$ 33,7 milhões até 2022. No total, chega a mais de R$ 100 milhões de dinheiro público investido nos últimos dois anos na Lagoa. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (Smobi), o novo prazo de execução dessa etapa das intervenções é de 48 meses, contados a partir da ordem de serviço.

Segundo a Secretaria, o volume de lixo recolhido no local pela Sudecap (Superintendência de Desenvolvimento da Capital) é de cerca de 10 toneladas diárias durante o período de estiagem e 20 toneladas por dia no período chuvoso. Além disso, o canal do Ressaca/Sarandi é limpo anualmente, a fim de evitar que sedimentos sejam carregados para a Lagoa.

Depois de um ano de tratamento, os cinco parâmetros de poluição medidos pela administração municipal se encaixaram nos limites da classe 3, estabelecidos em resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). A categoria possibilita o consumo da água por animais, irrigação, pesca amadora e o chamado contato secundário pelo ser humano, em atividades como canoagem, remo ou passeios de barco. Agora é aguardar toda a burocracia para confirmar se haverá melhorias ou se será apenas mais uma das várias promessas de despoluição.

REDES SOCIAIS

NOSSAS PUBLICAÇÕES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Receba os últimos artigos e notícias sobre turismo diretamente em seu e-mail:

Rua Conselheiro Galvão, 68 - Jaraguá | BH/MG   
(31) 2552-2525/3441-2725/99998-8686
desenvolvido por SITEFOX