DOMINGO, 23 DE SETEMBRO DE 2018    
  PT-BR
   

Sanduíche: um clássico sempre se reinventando

Publicado em 04/09/2018

Os sanduíches artesanais definitivamente caíram no gosto do belo-horizontino. As casas especializadas, já comuns em outras capitais do país, continuam se espalhando pela cidade e atraem volume expressivo de público. O sucesso motiva empresários à frente de alguns dos principais estabelecimentos a investir na consolidação da marca e em planos de expansão.

Mas você sabe como começou a história do sanduíche? Como foi a transição do famoso sanduíche de trailer para esses artesanais, mais "gourmetizados"? De acordo com alguns relatos, nos Estados Unidos ele surgiu no século XIX, porém foi popularizado em redes de lanchonetes especializadas no início do século XX. Já no Brasil, chegou décadas mais tarde de sua descoberta, em 1952, no Rio de Janeiro. Com a popularização através dos anos, veio o surgimento das grandes redes mundiais de fast food.

A concorrência cada vez maior também fez aumentar a variedade de recheios que poderiam acompanhar o pão com hambúrguer. Foram incluídos, posteriormente, alface, tomate, picles, mostarda, ketchup, bacon e diversos outros ingredientes para satisfazer o gosto de uma clientela cada vez mais exigente.

Do trailer ao gourmet

A evolução veio com o passar do tempo, e hoje é cada vez mais comum encontrar casas que servem hambúrgueres mais sofisticados. Com dezenas de opções, Belo Horizonte vem acumulando espaços que vão ganhando fama de gourmet, e essas delícias já têm até seu próprio dia: 28 de maio. Na Região da Pampulha não poderia ser diferente. O segmento cresceu e vive um momento de expansão, com inúmeras hamburguerias e deliveries.

Questionada se houve uma mudança em relação a se ter mais cuidado com preparo, ambiente, valorização e investimento do espaço físico, Maíra Marcolino, proprietária do Soul Jazz, próximo ao Aeroporto da Pampulha, é enfática: “Acredito, sim, que o segmento teve uma grande evolução nos últimos 10 anos com o desenvolvimento do hambúrguer artesanal. Os lanches fáceis e rápidos de trailers vieram para dentro de restaurantes com um cuidado muito maior quanto à entrega de sabores, pães artesanais, e a carne não é mais industrializada. O cliente passou a conhecer e gostar do produto diferenciado, aquele feito à mão, e passou a procurar hamburguerias que atendessem a essa demanda. Várias casas abriram nesse contexto, cresceram e se desenvolveram”.

O sócio-proprietário do Rota 307, no Dona Clara, Igor Queiroz, reafirma a mudança nos últimos anos. “Na minha concepção, nos últimos três anos aconteceu um ‘boom’ na área do hambúrguer gourmet. Eu conseguia ver em todo bairro, e até mesmo em portões de garagem, hamburguerias surgindo pela cidade. Hoje a realidade é diferente. O empreendimento se tornou mais profissional, exigindo cada vez mais dos proprietários”. Sobre a preocupação de se fazer um sanduíche cada vez mais agradável e com inovações, ele ressalta: “No geral, estamos acostumados com os hambúrgueres de trailers e os fast foods. O hambúrguer artesanal quebra esse paradigma e evolui a criação de uma tendência de alimentos cada vez menos congelados e, principalmente, o cliente não vai ali porque está com pressa, mas sim para relaxar, curtir o ambiente e degustar um hambúrguer preparado na hora”, finaliza.

Já o sócio-proprietário do Jaraguá Sanduíches, Francisco Mateus de Vasconcelos Gonçalves, ressalta que as mudanças acontecem rapidamente no segmento e existe não só uma preocupação, mas também uma necessidade de trazer um produto novo e original. “Estamos em um período em que o consumidor busca mais qualidade em seus produtos. Alguns escolhem os hambúrgueres artesanais com molhos diferenciados ou até ingredientes atípicos, para tentar quebrar isso. Nós já fomos na contramão e apostamos no sanduíche propriamente dito, quando colocamos uma proteína que não necessariamente seja o hambúrguer, além do pão de qualidade, a salada e o molho para harmonizar”, conta.

O chef e sócio-proprietário do Naro Bar Burger & Beer, localizado no bairro Santa Amélia, Ronaldo Duarte Malzac, destaca que a evolução tem sido cada vez maior, não só na preparação do sanduíche, mas também na forma como é montado: “Temos essa preocupação e deixamos os clientes ficarem mais à vontade para montarem os hambúrgueres. Portanto, ao invés de já virem montados, damos a opção de o cliente escolher a carne, o molho e o acompanhamento e montar do seu jeito, com itens à parte, para sempre ser uma novidade em sabor”.

Sofisticação dos espaços

A evolução não veio apenas para os sanduíches, mas também para os locais onde são servidos. Com duas casas sob seu comando, uma no Jaraguá e outra no Dona Clara, o sócio-proprietário do Bolha’s Burguer, Alessandro Velloso, conta que a evolução foi grande, com empresas investindo cada vez mais nesse ramo, valorizando-o ainda mais. “Hoje o cliente está bem mais criterioso. Um lugar bem estruturado, limpo e seguro se torna diferencial. Nós procuramos sempre investir no nosso espaço físico para atender às necessidades do cliente. E apesar das tendências do mercado para sanduíches artesanais, o bom e velho sanduíche 'raiz 'ainda é muito querido pelos amantes dos sanduíches. Então, nossa preocupação é manter a qualidade e a agilidade”, conclui.

A proprietária da Wanted Hamburgueria Artesanal, no Palmares, Alessandra Tavares, destaca que a evolução trouxe uma preocupação geral: “Com esse crescimento houve um cuidado maior em todos os aspectos, como estético, apelo da moda, por ser uma coisa mais deslocada e antenada, no cuidado com os ingredientes e na sofisticação dos espaços, já que os lugares recebem um certo conforto. A demanda aumentou muito, o cliente ficou mais exigente, conhece mais a respeito do produto, sabe comparar e exige isso dos locais”.

Localizado na região do aeroporto da Pampulha, o Aero Burguer tem a proposta de levar ao cliente uma experiência agradável, além de servir um belo hambúrguer. O sócio-proprietário Henrique Martins ressalta: “Queremos que o momento não seja simplesmente um lanche, mas uma percepção de sabores como em qualquer outra refeição. Um exemplo são as casas temáticas, como o próprio Aero Burguer, onde tentamos remeter à aviação, com todos os nossos hambúrgueres com nome de aviões. Alguns sugeridos por nossos clientes, inclusive. E pretendemos tematizar e ampliar ainda mais a casa”.

E o sanduíche ganhou espaço também em estabelecimentos famosos por outra especialidade, como é o caso da Domino’s Pizza. Segundo os sócio-proprietários da unidade Jaraguá, Sérgio Pereira de Rezende e Orestes Miraglia Neto, o mercado de sanduíches teve uma evolução grande nos últimos cinco anos no Brasil e no mundo. “Os sanduíches da Domino’s seguem o padrão artesanal das pizzas e hoje representam quase 10% das vendas, com uma ótima saída nos horários de almoço e lanche, o que comprova a consolidação desse nicho de mercado”, completam.

Você que é fã de sanduíche e ficou curioso para conhecer um pouco mais, visite os espaços que apresentamos aqui e compare os sabores. Bom apetite!

REDES SOCIAIS

NOSSAS PUBLICAÇÕES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Receba os últimos artigos e notícias sobre turismo diretamente em seu e-mail:

Rua Conselheiro Galvão, 68 - Jaraguá | BH/MG   
(31) 2552-2525/3441-2725/99998-8686
desenvolvido por SITEFOX